domingo, 25 de março de 2012

Mais algumas impressões

Mais uma vez venho relatar algumas impressões, os assuntos internacionais são a evolução do futebol alemão, o novo fato de Messi, a saúde no esporte (na pele de Muamba) e a fase de Ibrahimovic. Os nacionais a contratação do meio-campista Wesley pelo Palmeiras e a atuação de Léo Rocha agora ex – Treze/PB.


A Evolução do Futebol Alemão

A partida entre Borussia Dortmund e Colônia que terminou 6x1 para o primeiro me trouxe a motivação para escrever sobre o futebol germânico.

Quais clichês nos vêm à mente quando pensamos em futebol alemão? Organização e rigidez táticas, eficiência e força. Futebol de disciplina tática. Lothar Matthaus, vencedor do prêmio de melhor do mundo em 1991, exemplifica isso. Qualidade desenvolvida com muito treino. Sem brilhantismo. Todavia, desde a Copa de 2006, o mundo vem vendo o fim deste estigma.

Na presente temporada, foi possível perceber a mudança do campeonato como um todo. Hoje, a disputa do campeonato se polarizou entre Borussia Dortmund e Bayern Munique, mas, durante boa parte do campeonato, a luta pela liderança foi de cinco ou seis clubes, além dos dois supracitados, Borussia Mönchengladbach, Schalke 04, Bayer Leverkusen e Werder Bremem. Tais equipes possuem um futebol muito bem jogado. Montados a exemplo do futebol antigo, mas com a adição da imprevisibilidade de alguns grandes jogadores. Götze no Dortmund, Reus no Mönchengladbach, Muller no Bayern Munique são exemplos de jogadores alemães, habilidosos e capazes do novo.

Julgo ter sido graças à invasão estrangeira na Alemanha essa evolução. Apesar disso, os alemães nunca abriram mão dos jogadores nacionais (como fez a Itália, de uma seleção, hoje, muito decadente), e, por essa junção de fatores, os jogadores progrediram. Toni Kroos e Thomas Muller, por exemplo, ascenderam no Bayern vendo Robben e Ribery. O contato com futebol de outros lugares ajudou o alemão. Aliado a isso temos a influência da descendência de alguns jogadores. Da Turquia, por exemplo, veio a criatividade e habilidade no corpo de Mesut Ozil.

Trago agora algumas estatísticas que comprovam essa melhora, estatísticas coletadas pela revista Champions (The official UCL Magazine): 

· Média de 20,65 finalizações por jogo (Só perde para o Campeonato Espanhol)

· Média de 9,64 finalizações na direção do gol (A melhor média das grandes ligas europeias)

· Média de 14,46% de acerto de passes longos (A melhor média das grandes ligas europeias)

· Média de 45,24 roubadas de bola (Só perde para o Campeonato Espanhol)

· Média de 42,64 Interceptações (Só perde para o Campeonato Espanhol)

Novamente Messi
                 
Essa semana na partida contra o Granada, Lionel Messi se tornou o maior artilheiro da história do Barcelona com 234 gols e 24 anos. Como não falar de Messi?

A quase morte de Muamba      
             
Nessa semana, voltaram à tona as questões relativas à saúde de atletas. No último domingo, o volante do Bolton-ING, Fabrice Muamba, esteve morto, após desmaio, por 78 minutos segundo o médico do clube em reportagem do portal Globoesporte.com. Será impossível a previsão desse tipo de incidente? A medicina diz que não. É possível. Resta-nos saber, por que aconteceu então? Nem todos os exames realizáveis para a detecção de todas essas condições são obrigatórios pela FIFA. Deveriam ser. Estão se tornando mais frequentes essas ocorrências, e não vemos mudanças procedimentais para evitar isso. Resta-nos refletir sobre o assunto, e torcer pela efetivação de mediadas que evitem esses incidentes.

A fase de Ibrahimovic

Passa por fase esplendorosa o atacante do Milan, artilheiro do campeonato Italiano, adicionou ontem mais uma pintura à sua coleção contra a Roma. Deu a vitória no jogo chapelando o goleiro Stekelenburg. O polêmico atacante parece mais do que nunca concentrado em jogar futebol. Fica aqui uma dica, quarta-feira dia 28/03 tem Barcelona x Milan. Oportunidade de ver face a face Ibra e Messi.

A contratação de Wesley pelo Palmeiras
                 
Finalmente foi concretizada pelo alviverde paulista a contratação do multifuncional Wesley ex - Santos. Até então nada demais. O que foi interessante foi a forma. Três fontes de renda foram usadas. Dinheiro dos cofres do clube, de investidores, e o mais inusitado... Aplicações de torcedores. O Palmeiras efetivou uma campanha em site na internet para arrecadar fundos para a execução do negócio. Não me recordo de ter havido semelhante ocorrência no futebol brasileiro. Considero legitima a tentativa da diretoria do clube. O torcedor que tanto exige teve a chance de ajudar o clube. Se não foi determinante ajudou ainda assim. Interessante iniciativa palmeirense.


Léo Rocha, o polêmico
                 
O torcedor do Treze-PB jamais se esquecerá desse nome. Esteve em seus pés a possibilidade de passagem do Treze à segunda fase da Copa do Brasil. Foi aí que... Desperdiçou a penalidade. Mas tentou inovar na cobrança. Bateu à lá Loco Abreu, permitindo a defesa do goleiro Jefferson do Botafogo e a consequente eliminação de sua equipe. Foi imediatamente informado de sua demissão. Não precisaria nem retornar à cidade de Campina Grande. Será que era necessária tal medida? Em minha opinião, necessária ou não, era aceitável. A passagem à próxima fase daria visibilidade, dinheiro e fama ao clube paraibano. Foram muitas as perdas e o jogador pagou por elas.

Confrontos da Próxima Fase da Copa do Brasil.

Finalizada a primeira fase da Copa do Brasil, estão determinados os próximos confrontos: 

 Horizonte/CE X Palmeiras
Bahia de Feira x São Paulo
Ceará x Paraná
Atlético/GO X Ponte Preta
Chapecoense x Cruzeiro
Penarol x Atlético/MG
Criciúma x Atlético/PR
América/MG X Goiás
Ipatinga x Grêmio
Coritiba x ASA
Fortaleza x Náutico
Paysandu x Sport
Remo x Bahia
Guarani x Botafogo
Juventude x Portuguesa
ABC X Vitória


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...