sábado, 28 de julho de 2012

Matéria sobre as séries B, C e D - Série C

               Dando prosseguimento com as matérias sobre as três séries inferiores do futebol brasileiro trago hoje a série C, com a situação, os destaques e as possibilidades das equipes que disputam o torneio. Reitero a importância da parceria com o amigo Gabriel Freitas, estudante de jornalismo da Uni-BH.

Após um longo imbróglio envolvendo as séries C e D do brasileiro, provocado pelo Treze - PB que buscava a inclusão no torneio excluindo o Rio Branco-AC, já se passaram quatro rodadas. Estruturalmente a competição apresenta dois grandes grupos de 10 times que jogam contra si em turno e returno. Passam os quatro primeiros colocados para as quartas de final, e assim se seguem até as finais. Os quatro semifinalistas ascendem à série B.

O grupo A é composto por: Águia de Marabá, Cuiabá, Fortaleza, Guarany de Sobral, Icasa, Luverdense, Paysandu, Salgueiro, Santa Cruz e Treze. O grupo B possui: Brasiliense, Caxias, Chapecoense, Duque de Caxias, Macaé, Madureira, Oeste, Santo André, Tupi e Vila Nova. A classificação do campeonato pode ser sempre consultada no site: http://globoesporte.globo.com/futebol/brasileirao-serie-c/#/classificacao-e-jogos. Até o momento o acesso as quartas de finais estão nas mãos de Icasa, Paysandu, Luverdense e Águia de Marabá pelo grupo A e Madureira, Macaé, Caxias e Vila Nova pelo B.

Segue um breve relatório sobre os clubes que disputam a competição:

Águia de Marabá: Terceiro colocado no Campeonato Paraense 2012 apresenta como destaques o lateral direito Ivonaldo com passagem por Atlético Mineiro e Sport Recife,  e o meia Juliano com aparições por Avaí, Vitória, Coritiba e Náutico. Conta ainda com uma base de atletas predominantemente formados no futebol local. Atualmente é o quarto colocado no grupo A, classificando-se.

Cuiabá: Vice-Campeão no campeonato mato-grossense 2012, suas referências são ex-jogadores do futebol mineiro, o goleiro Gatti ex-cruzeiro, o meia Ewerton Maradona formado no Atlético Mineiro e o atacante Eraldo com boa passagem pelo Democrata de Governador Valadares. Além dessas peças há também o destaque do atacante Josiel ex-Flamengo e Paraná. Apesar de aparecer com esses bons valores amarga a penúltima colocação do grupo A, mas há boas possibilidades ainda, ainda acontecerão muitos jogos visto que estamos na terceira rodada do primeiro turno.


Fortaleza: O tradicional time do Ceará foi vice-campeão cearense neste ano. O quinto colocado do grupo A tem os mesmos pontos do quarto, mas perde a posição nos critérios de desempate. Seus jogadores chave são, o veterano Geraldo ex-Ceará, Vitória, Coritiba, Sport e outros, o volante Careca ex-Ceará, o zagueiro Micão ex-América e o goleiro Lopes ex-Botafogo.

Guarany de Sobral: Após amargar a oitava colocação no Campeonato Cearense 2012, faz razoável papel na série C. É o sétimo colocado do grupo A a uma vitória do G-4. Seu melhor jogador é o jovem meia Bismarck criado no Fortaleza e com passagem por seleções de base. Há ainda o veteraníssimo atacante Rinaldo, formado no América-MG.

Icasa: Depois de uma campanha fraquíssima no Campeonato Cearense 2012, se recuperou e é segundo colocado no Grupo A com sete pontos. Possui como destaques o ex-menino da vila Rossini e o experiente zagueiro André Turatto com passagem pelo Avaí.


Luverdense: Campeão mato-grossense em 2012 vem bem na Série C onde é líder do grupo A. Seus destaques são o rodado atacante ex-Vasco, Sport Recife e Vitória Valdir Papel, o volante com vasta experiência na série B Júlio Terceiro e o zagueiro Dão ex-Guarani. A equipe vem empolgada com a recente supremacia sua em relação ao Cuiabá no futebol do Mato Grosso.


Paysandu: Outro clube tradicional com imensa torcida no Pará, busca reviver os bons momentos da década passada quando chegou a calar La Bombonera. Quarto colocado no Campeonato Paraense faz uma série C positiva e é terceiro colocado, dois pontos atrás do Luverdense. Seus destaques são o lateral direito cobiçado por equipes das séries B e A Yago Pikachu, o veterano volante e capitão Vânderson, ex-Vitória e o interminável Zé Augusto.

Salgueiro: Semi-finalista no Campeonato Pernambucano de 2012 o Salgueiro é o oitavo colocado na série C, mas a apenas três pontos da classificação no G-4. Seu elenco é formado predominantemente por atletas do nordeste. Os ícones são a antiga promessa do Sport Kássio, o atacante Fábio Silva ex-ABC, o lateral Marcos Tamandaré que chegou a jogar pelo Corinthians e o artilheiro da série B 2006 Vanderlei, com passagem pelo Atlético Mineiro e pelo Botafogo.

Santa Cruz: O histórico Santa de torcida imbatível quando o assunto é lotar estádios vem embalado pela conquista do campeonato pernambucano deste ano. Possui como destaques o atacante Dênis Marques ex-Atlético-PR e Flamengo, o meia Luciano Henrique ex-Santos e Sport Recife, o lateral direito Diogo ex-Corinthians e Sport Recife e o goleiro Tiago Cardoso formado na base do Atlético-PR. Está atualmente na sexta colocação do grupo A.




Treze: Não passou das semi-finais do Paraibano 2012. É lanterna no grupo A da série C. A fase não está boa. Tem no atacante Brasão ex- Santa Cruz a maior esperança. Com muito campeonato pela frente ainda há chances, poucas, para o lanterninha que somou um ponto.



Brasiliense: Após não se classificar para as fases finais do Campeonato Brasiliense 2012, está vivendo um momento de instabilidade. Está em oitavo no grupo B, e segue insistindo em jogadores com idade avançada e de qualidade discutível. Nessa temporada destacam-se o ex-lateral e agora meia Baiano ex-Atlético Mineiro, Santos e símbolo do fracasso nas olimpíadas de 2000 e o atacante uruguaio Acosta. Além desses destaca-se o volante Andrade ex-Vasco. Ainda tem chances, está a quatro pontos do G4.

Caxias: Depois de chegar às finais do Gauchão 2012 o Caxias vem bem na série C, é quarto colocado no grupo B com duas vitórias e um empate em quatro jogos. Com muitos jogadores formados no sul do país tem no goleiro Juninho ex-Vitória e Atlético Mineiro o jogador mais famoso. Apesar disso ele não vem jogando. No ataque a esperança de gols é o atacante Adriano com passagens pelo Figueirense e por times de pouca expressão na Rússia e na Turquia.


Chapecoense: Eliminado no catarinense nas semi-finais o time de Chapecó é o sétimo colocado no grupo B. Possui como jogadores mais “famosos” o goleiro Rodolpho e o lateral Galiardo ambos ex-Náutico, o volante Paulinho Dias formado no Cruzeiro e o veterano zagueiro Dema campeão da Copa do Brasil pelo Paulista de Jundiaí.


Duque de Caxias: O time do Rio não foi bem no Carioca. Não se classificou para as fases finais. Está em nono no Grupo B da Série C e não vive boa fase. Com elenco recheado de jogadores emprestados pelos grandes do Rio, destaque para Bruno Veiga e Neves pertencentes ao Fluminense, não deve brigar por classificação. O outro jogador de destaque nacional é o zagueiro Irineu ex-Cruzeiro, Flamengo e Paraná.


Macaé: Depois de fazer uma campanha apenas razoável no Campeonato Carioca, vem bem na série C. Ocupa a terceira colocação do Grupo B. Sem jogadores de nome, tem um elenco novo com jogadores do Sudeste, predominantemente do Rio. O jogador mais conhecido é o Goleiro Luis Henrique ex-Boa Esporte e Gama.


Madureira: Mediano no Carioca 2012 vem muito bem na série C, com 10 pontos. Lidera o Grupo B. O time é praticamente uma equipe de base do Madureira. O elenco é quase todo formado no Rio. O atleta mais famoso da equipe é o Zé Carlos zagueiro ex-Fluminense e Atlético Mineiro.



Oeste: Detentor de uma campanha razoável no Paulista 2012 (10°), o clube formado por atletas jovens do interior Paulista e outros vindos por empréstimo como o zagueiro Gualberto que pertence ao Palmeiras, ocupa a 5ª posição do grupo B. Possui como destaques os atacantes Val Baiano ex-Flamengo e Abuda formado no Corinthians.


Santo André: Após sequer disputar o Paulistão desse ano, faz boa campanha na Série C, sexto colocado a um ponto do G-4. Seu destaque é o armador Sérgio Mota, formado como a grande estrela em Cotia (Centro de Treinamento de Juniores do São Paulo FC).


Vila Nova: Eliminado na semifinal do goiano pelo rival Goiás está na segunda posição no grupo B. Seus destaques são o lateral direito Nêgo ex-ABC, Atlético Mineiro e Bragantino, o atacante Pedro Júnior com passagem pelo Grêmio e pelo Cruzeiro e o meia Preto ex-Portuguesa e São Caetano.


Tupi: Após bela campanha no Campeonato Mineiro quando foi semifinalista vem mal na série C.É último colocado no grupo B, três derrotas e um empate em quatro jogos. Manteve o elenco do estadual. Seus destaques são o goleiro Rodrigo, o bom meia e cobrador de faltas Michel Cury, e os atacantes Allan Taxista e o veterano ex-Botafogo Ademílson.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...