terça-feira, 4 de setembro de 2012

Europeus de Volta – Campeonato Alemão


Prosseguindo com a série sobre a volta dos campeonatos europeus, hoje trato do campeonato alemão.


CAMPEONATO ALEMÃO - BUNDESLIGA

Campeão na última temporada, o Borussia Dortmund, encontra-se numa condição de dúvida no atual início de competição.Perdeu o jogador que considero ter sido o mais importante da última temporada, o japônes Kagawa (mais decisivo que o talentoso alemão Götze), que seguiu para o Manchester United. Para seu lugar contratou o ótimo meia Marco Reus de 23 anos que mostrou seu valor no Borussia Mönchengladbach e teve boa participação na eurocopa deste ano. O clube contou ainda com a saída do atacante paraguaio Lucas Barrios, que, não se vendo mais na condição de titular, rumou para a China. Para compor elenco veio o atacante Schieber, ex-Sttutgart. No mais, perdeu jogadores de pouca importância como o brasileiro Antônio da Silva e o alemão Kringe. Com um time muito semelhante ao da temporada passada, pode brigar pelo tricampeonato.

O Bayern de Munique, por sua vez, vem com força total, afinal, desde as temporadas 1994/95 e 1995/96 não passava por um hiato de dois anos sem conquistar ao menos uma vez o campeonato. E gastou. Vieram muitos e bons reforços. Para a criticada defesa vieram o zagueiro Dante, ex- Borussia Mönchengladbach e o zagueiro-volante Javi Martínez (que custou a bagatela de €40mi) ex- Atlético de Bilbao. Para o ataque que perdeu Olic e Petersen, definitivamente nada que preocupe, ocorreu o retorno do peruano Claudio Pizarro após cinco temporadas e também a vinda do bom centroavante croata Mario Mandzukic. O clube ainda contratou os jovens Shaqiri habilidoso meia suiço ex- Basel e Weiser ex-Colonia. Por fim apresentou o goleiro Starke para a reserva de Neuer e cedeu o meia Pranjic para o Sporting-POR. A chegada desses reforços só aumenta a confiança da volta do título para Munique, para o clube que é a base da seleção de seu país.

Do estado de Renânia do Norte-Vestfália vem o Schalke 04. Jejuando o título desde a temporada 57/58, na era “Pré-Bundesliga”, o clube sofreu duas baixas importantes, saíram o histórico atacante Raúl González e o meia Jurado. Aquele foi para o futebol árabe e este para o Spartak Moscou. Apesar disso o clube acertou a manutenção do nigeriano Obasi que estava emprestado junto ao Hoffenhein, contratou o bom meia suiço Barnetta, trouxe do Barcelona o jovem holandês Afellay e do Borussia Mönchengladbach o meia Roman Neustädter. Com esses reforços somados à base da temporada passada, destaque para o peruano Farfán e para o matador Jan Klaas Huntelaar briga por copas europeias mas o título é difícil.

Outro clube que há muito não sabe o que é ser campeão é o Borussia Mönchengladbach. Depois da surpreendente campanha na última Bundesliga não resistiu ao desmanche. Saíram três titulares importantíssimos, os já falados Reus, Dante e Neustädter. Devido à sua condição financeira não fez uma reposição a altura. Destaques para o zagueiro da seleção olímpica espanhola Álvaro Dominguez ex-Atlético de Madrid e para o atacante Luuk de Jong com passagem pela seleção holandesa. Aposta ainda no meia suiço Xhaka de 19 anos ex-Basel. Duvido de suas possibildades de brigar nas cabeças. Já foi inclusive eliminado da Champions League e disputará a Europa League.

De muita tradição o Stuttgart, trouxe como novidade o defensor Hoogland ex-Schalke 04 mas perdeu o zagueiro Khalid Boulahrouz que foi para o Sporting-POR. O Hoffenhein contratou bons reforços. Destaque para o atacante Derdiyok, o meia japonês Usami e o goleiro experiente Tim Wiese. Como baixas importantes teve o já falado goleiro Starke que foi para o Bayern e o atacante Ryan Babel que retornou ao Ajax. O Fortuna Dusseldorf trouxe o experiente atacante Andriy Voronin e o Frankfurt o zagueiro Oczipka ex- Leverkusen.

O Hamburgo trouxe alguns ótimos reforços: os meio-campistas Badelj da seleção croata e van der Vaart (acima), este que retornou, o goleiro Adler e o meia Jiracek da República Tcheca. É verdade que perdeu sua dupla de ataque os atacantes Pétric que foi para o Fulham e Guerrero que veio para o Brasil defender o Corinthians. O Hannover trouxe o bom lateral direito japonês Sakai, pretendido pelo Santos. Já o regular Bayer Leverkusen não apresentou grandes novidades, a mais conhecida delas foi o goleiro Rensing primeiro sucessor de Kahn na meta do Bayern. Aposta ainda num desconhecido brasileiro chamado Carlinhos de 18 anos que vem do Desportivo Brasil. Outro clube que se movimentou foi o Wolfsburg. Alavancado pela volta do craque Diego que estava no Atlético de Madrid, trouxe ainda o lateral direito Fágner (a esq.), o atacante Olic, o bom meia Pilar da seleção tcheca e o zagueiro Naldo que saiu do Werder Bremem. Este por sua vez tem como novidades o ponta holandês Elia (a dir.), o atacante Petersen, o lateral tcheco Gebre Selassie e o meia belga De Bruyne. Estes vieram para compensar as saídas de alguns jogadores importantes já citados e de outros como o meia Marín que foi para o Chelsea.

A janela fechou mas...

O atacante Hulk e o meio-campo belga Witsel se transferiram para o Zenit, o atacante Michael Owen fechou com o Stoke City, o zagueiro Cris vai para o Galatasaray e o meia Raul Meireles foi para o Fenerbahçe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...