sábado, 1 de setembro de 2012

Europeus de Volta - Campeonato Português


Depois de trazer informações acerca dos campeonatos inglês, espanhol e francês, o assunto deste texto é o campeonato português.


CAMPEONATO PORTUGUÊS – LIGA ZON SAGRES

Maior vencedor do campeonato português de forma disparada nos últimos 20 anos, o Porto novamente é candidato forte ao título. Apostando na mesma política de contratar jovens, evoluí-los e exportá-los o clube traz como novidades para esta temporada o Ganês Christian Atsu e o atacante brasileiro Kelvin que juntos retornaram de empréstimo junto ao Rio Ave. Além deles as outras novidades são o atacante Jackson Martínez, colombiano ex-Jaguares-MEX e o goleiro Fabiano ex-Olhanense e revelado pelo São Paulo. Saíram do clube o lateral Álvaro Pereira que foi para a Inter de Milão, o lateral romeno Sapunaru para o Zaragoza, o atacante Cristian Rodriguez que seguiu para o Atlético de Madrid e o também atacante Djalma, angolano que foi para o Kasimpasa-TUR.

Clube de maior torcida em Portugal, o Benfica vem mordido para a temporada 2012/2013. Após dominar boa parte do campeonato passado chega desejoso de parar a hegemonia recente do Porto. Para isso o clube trouxe de volta – agora em definitivo – o atacante argentino Eduardo Salvio, o também atacante Lima ex-Braga e o ponta holandês Ola John ex-Twente. Além deles retornaram de empréstimo os meias Enzo Pérez e Carlos Martins. A baixa mais importante foi do volante espanhol Javi García que foi para o Manchester City, os outros que saíram já eram considerados reservas, Capdevilla que retornou ao futebol espanhol, Saviola que foi para o Málaga e Nélson Oliveira que seguiu emprestado para o Deportivo La Coruña. Outros atletas também foram emprestados mas de pouca importância. Após temporadas com inúmeros contratados o clube foi mais conservador, quem sabe não seja esse um acerto.

Um dos três grandes, o Sporting vive uma interminável má fase. Desde seu último título na longínqua temporada 2001/2002 o clube vive as sombras dos seus rivais. A equipe vive uma crise financeira terrível. A gestão atual iniciou um processo de reestruturação da equipe. E não espera resultados imediatos. Mas é urgente para a torcida que haja algum sucesso nos próximos campeonatos. O clube trouxe jogadores conhecidos do futebol mundial o zagueiro/lateral argentino Rojo, o também zagueiro Boularhouz, os meias Pranjic, Gelson Fernandes e a promessa marroquina Labyad. Além deles chegou o atacante argentino Viola ex-Racing. Saíram da equipe o meia Matías Fernandes que foi para a Fiorentina, o lateral Evaldo, o norte-americano Onyewu que foi para o Málaga, o zagueiro peruano Rodriguez, os meias André Santos e Jaime Valdez além do lateral da seleção João Pereira.

Numa impressionante crescente vem o Braga, de forma que alguns já o colocam como a terceira força do futebol português. Com uma infinidade de brasileiros pouco conhecidos, destaque para os meias Alan e Márcio Mossoró ex-Internacional, e alguns jogadores da seleção portuguesa (Ruben Micael, Custódio, Hugo Viana e Beto), o clube aspira um acesso as ligas européias. O trunfo dessa equipe, na minha visão, é a quaIidade de prospecção. Perdem jogadores importantes e conseguem fazer uma reposição boa e barata.

Surpresas são muito difíceis nesse campeonato. Desconsiderando o título do Boavista na temporada 2000/2001, a última vez que o torneio não ficou nas mãos da tríade Benfica-Porto-Sporting foi na temporada 1945/1946 quando o Belenenses sagrou-se campeão. Nos outros clubes não há jogadores muito conhecidos, destacam-se o zagueiro Márcio Rosário que foi para o Marítimo e o goleiro Renan ex-Avaí e Corinthians e já convocado para a seleção brasileira que atua pelo Estoril.





Agora com o fechamento da janela de transferências, temos mais algumas transferências... Vejamos o que aconteceu nos campeonatos já falados, francês, inglês e espanhol.

Na França o Lyon perdeu o goleiro Lloris para o Tottenham e por pouco não ficou também sem o brasileiro Michel Bastos. O Olympique de Marselha trouxe o controverso meia inglês Joey Barton e o jovem lateral-zagueiro Lucas Mendes ex-Coritiba, mas perdeu o defensor  Mbia que foi para o QPR. Já o milionário PSG fechou seu ciclo de contratações com a vinda do lateral direito van der Wiel, ex-Ajax e jogador da seleção holandesa.

Na Espanha ocorreram alguns negócios ao fim da janela. O Real Madrid trouxe o volante Essien do Chelsea e emprestou o também volante Lassana Diarra ao Anzhi. Além disso cedeu o meia Granero ao QPR. O Valência perdeu o meia Pablo Hernandez para o Swansea City . O Mallorca contratou o mexicano Giovanni dos Santos ex-Tottenham e o Atletico de Bilbao vendeu o jovem volante Javi Martinez ao Bayern de Munique. O Málaga se movimentou após as perdas e trouxe o atacante Roque Santa Cruz e o meio-campo Iturra. O Celta trouxe o atacante sul-coreano Park e o Barcelona emprestou o holandês Afellay para o Schalke 04.

O futebol inglês foi o mais movimentado no fim da janela. O Arsenal emprestou o atacante Bendtner para a Juventus e o Fulham contratou o meia Dejagah ex-Wolfsburg e o atacante Berbatov, mas perdeu dois jogadores vitais, Dempsey e Dembelé que foram para o Tottenham. O Manchester City contratou o brasileiro Maicon e o "winger" Sinclair que estava no Swensea e perdeu o volante de Jong para o Milan. Além das contratações já faladas o QPR ainda trouxe o grande goleiro Júlio César que perdeu espaço na Inter de Milão. O Liverpool perdeu o volante Adam que foi para o Stoke City e o atacante Carroll emprestado ao West Ham. O Sunderland apresentou o meia Adam Johnson do Manchester City e o Tottenham perdeu o meia van der Vaart que retornou ao Hamburgo


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...