segunda-feira, 25 de março de 2013

Fenerbahçe x Galatasaray : o Dérbi Intercontinental

Apresento, dando seguimento à seção “Clássicos do Mundo”, curiosidades, dados e estatísticas do jogo, ou, devo dizer, da batalha entre Fenerbahçe e Galatasaray.




A cidade de Istambul, de fundação datada, aproximadamente, do ano 660 a.C, momento em que era chamada Bizâncio, tem uma importância histórica ímpar. Tendo sido fundada pela Grécia Antiga, foi posteriormente tomada pelo Império Romano, e, não só foi incorporada a este, como depois, com a expansão do dito Império, tornou-se capital do Império Bizantino (Império Romano do Oriente), ou a parcela que ainda utilizava o idioma grego no Império Romano. 

Neste momento, a cidade já era conhecida como Constantinopla (aproximadamente 330 d.C). Não obstante, a urbe ainda seria dominada pelos turcos em 1453, dando origem ao Império Otomano. Durante a Idade Média, Istambul chegou a ser o maior e mais rico centro da Europa/Ásia. Só em 1922, o Império acabou e, em 1930, a cidade passou a ter seu nome atual, se afirmando como a cidade intercontinental (Se situa parte na Ásia e parte na Europa).
É desta cidade de origem tão remota que vem um dos maiores clássicos do futebol mundial. É daí que emergiram dois dos clubes mais amados (e odiados) do planeta. Fenerbahçe e Galatasaray.

Leia também: Times de que Gostamos: Galatasaray 1999-2000 

Separados pelo estreito de Bósforo, têm suas sedes fixadas em diferentes continentes.  Da Ásia, vem o Fenerbahçe conhecido por ser o clube da plebe, do povo (recebe ainda a alcunha de “Canários Amarelos”). Da Europa, temos o Galatasaray, o clube da elite, também conhecido como “os Leões”. O início da história dos confrontos entre esses clubes - quase sempre um tanto sangrentos - data de 17 de janeiro de 1909, e teve vitória do Galatasaray, por 2x0.
Na história centenária dos jogos, foram 373 encontros, entre partidas oficiais e amistosas (não que se possa chamá-las assim), a vantagem é do Fenerbahçe, que venceu 141 jogos contra 119 do Galatasaray. Aconteceram, ainda, 113 empates

No que concerne aos títulos, há total igualdade no Campeonato Nacional (nos moldes atuais), a dupla venceu 18 campeonatos cada. Neste ano há a possibilidade de um desempate, o que tem causado um efeito “panela de pressão” maior ainda entre os torcedores. No cenário internacional, o Galatasaray leva vantagem tendo vencido a Copa da UEFA e a Supercopa Europeia (99-00) contra nenhum título do Fenerbahçe. A melhor melhor participação continental dos Canários Amarelos foi na Champions League de 2007-2008, quando alcançou as quartas de finais.
O encontro com o maior público registrado na história aconteceu em 27 de setembro de 2003, como a presença de 71.334 pagantes. O segundo maior aconteceu em 21 de setembro de 1973. A dificuldade de termos jogos com públicos imensos neste jogo são as constantes confusões envolvendo as duas torcidas, já que raro, ou inexistente, é o jogo em que não ocorreram muitos problemas de brigas, arremesso de objetos no campo e demais atitudes violentas.

Confira também: Times de que Gostamos: Fenerbahçe 2006-2008

Os jogadores mais freqüentes neste jogo são Turgay Seren (54 aparições) e Cuneyt Tanman (53), ambos do Galatasaray e Esat Kaner e Seref Has (49), ambos do Fenerbahçe. Os três maiores artilheiros do confronto foram jogadores do Fenerbahçe, Zeki Riza Sporel (27 gols), Alaaddin Baydar (24) e Lefter Küçükandonyadis (20). 41 são os atletas que ousaram cruzar o estreito de Bósforo, ou seja trocar o Fener pelo Galatasaray e vice-versa.

A maior vitória no confronto aconteceu em 1911, quando o Galatasaray impôs 7x0 no Fenerbahçe. Este, por sua vez, aplicou um sonoro 6x0 em 2002.

Um último ponto que cabe ressaltar, é o amor que o turco tem tanto pelo seu time quanto pelo futebol, uma prova impressionante disso foi a manifestação da torcida do Fenerbahçe na porta da casa do meia do Coritiba Alex quando de seu desligamento do clube, como mostra o vídeo abaixo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...