terça-feira, 2 de abril de 2013

CSKA x Spartak: o Grande Dérbi de Moscou

Sigo em frente, dando continuidade à seção “Clássicos do Mundo”. Hoje, trago ao leitor informações relativas ao maior clássico da Rússia, CSKA Moscou x Spartak Moscou.




A origem deste clássico não é tão antiga quanto a de outras equipes mundo afora. No início do futebol russo, esta rivalidade não figurava entre as maiores, em seu lugar tínhamos CSKA x Dínamo de Moscou e Spartak x Dínamo de Kiev. Apesar disso, pela forma com que se desenvolveu o futebol na Rússia, com o colapso da União Soviética e a formação da Rússia, CSKA e Spartak se tornaram os grandes campeões nacionais e desenvolveram laços fortes de rivalidade. O primeiro jogo entre os rivais aconteceu em 11 de junho de 1922. E deu CSKA, jogando em campo neutro a final do Campeonato da Cidade de Moscou, 4x2 para os azul-vermelhos.

Homenagem aos 100 anos do CSKA
Diferentemente do que acontece em grande parte dos clássicos do mundo, o jogo CSKA e Spartak não guarda conotação direta entre “povo” e “elite”. Esta relação se dá de forma velada. 

O CSKA foi fundado por militares do Exército Russo, ou seja, por aqueles que, pouco tempo após a fundação do clube, participaram de forma crucial do regime socialista soviético. 

Por sua vez, o Spartak tem sua origem ligada aos trabalhadores e sindicatos russos. O clube foi criado em um bairro operário da cidade de Moscou e, durante muitos e longos anos, operou na clandestinidade. Daí vêm duas alcunhas pelas quais são conhecidos os clubes: “Os soldados” para o CSKA e “O time do povo” para o Spartak. Esta relação é percebida nas arquibancadas, onde os torcedores do CSKA são vistos como “militares defensores da ordem e disciplinados” e a claque do Spartak como “grupos de arruaça”.

Com a bola rolando foram 173 partidas entre os dois. A vantagem é alvirrubra são 75 vitórias do Spartak contra 63 do CSKA, tendo havido ainda 35 empates. A maior vitória no encontro pertence ao Spartak que em 1935 goleou o rival por 8x0. O maior placar aplicado pelo CSKA no clássico foi um 6x1, em 1930. Esta rivalidade levou a campo 105.000 torcedores em três oportunidades 08 junho de 1959, 25 de julho de 1960 e 4 de outubro de 1962, configurando o recorde de público do encontro.

No quesito artilharia, a liderança é de um brasileiro. Vágner Love (CSKA) foi às redes 9 vezes no clássico, ele é seguido de perto pelo artilheiro do Spartak Sergei Salnikov que marcou 7 vezes. 29 são os jogadores que atuaram por ambos os clubes.

Emblemas históricos de CSKA e Spartak
Somando títulos soviéticos e russos o Spartak tem grande vantagem sobre o rival. São 21 títulos nacionais contra 10 do CSKA. Apesar disso, o CSKA rompeu as fronteiras russas e já conquistou a Copa da UEFA em 2004-2005, o Spartak ainda carece de um título internacional.

Hoje o CSKA vive uma fase melhor que o rival é líder do Campeonato Russo e tem 13 pontos de vantagem para o Spartak que ocupa a 5ª colocação. Os azul-vermelhos contam no elenco com os brasileiros Mário Fernandes, ex-Grêmio e Vágner Love. Já o Spartak conta com os volantes Rafael Carioca, ex-Grêmio e Vasco e Rômulo ex-Vasco e com o atacante Ari ex-Fortaleza.

2 comentários :

  1. Amigo um pequeno erro, maior rivalidade antigamente era Spartak vs Dynamo e Dynamo Kiev vs Spartak, CSKA e Dynamo não tinha lá essa rivalidade talvez secundária.

    ResponderExcluir
  2. Clube do povo é por não ser ligado a nenhum departamento, fato que atraiu simpatia do povo que se opôs ao regime, o clube do sindicato era o TORPEDO Moscow.
    Abraços

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...