sábado, 25 de maio de 2013

Vá, Neymar, vá ser feliz!

A diretoria do Santos se deu por vencida e aceitou as propostas de Barcelona e Real Madrid pelo seu craque maior. Especulam-se os valores de 35 milhões de euros para a transferência para o Real com o salário de 11 milhões de euros. Por sua vez o Barça, clube que sempre foi manifestamente a preferência da joia santista, teria oferecido 28 milhões mais 7 milhões de salários. Neymar vive um dilema que quase a totalidade dos jogadores do mundo gostaria de ter. Mesmo diante da enorme possibilidade, apontada por quase toda a imprensa mundial, de o jogador mudar-se para Barcelona, trago pontos positivos e negativos que serão analisados pelo craque seja qual for a sua escolha. E ainda trago possibilidades táticas de uso de Neymar pelos clubes.


Neymar no Barça

Apontado desde o surgimento de Neymar como o destino dos sonhos o Barcelona é mesmo uma opção fantástica. No clube catalão, Neymar teria a facilidade de ter um ambiente muito bom nos vestiários, uma maior estabilidade para se adaptar e possivelmente mais liberdade para atuar no campo levando em conta que toda a equipe se movimenta muito.


Apesar disso, pode sofrer com a concorrência de Pedro que, é notoriamente um jogador que agrada ao treinador Tito Vilanova, David Villa, se permanecer no clube, que é sabidamente um ótimo jogador e Alexis Sanchez, que se não é a opção preferida nem a mais talentosa, já integra o elenco blaugrano e está adaptado ao estilo de jogo do Barça. Pode ainda, mas penso ser mais difícil, haver comparações com outros brasucas de sucesso que passaram pela equipe, casos de Ronaldinho Gaúcho, Rivaldo e Ronaldo Fenômeno.

Neymar no Real

Mesmo sabendo da preferência de Neymar pelo Barça é possível que o se destino seja o Real Madrid. O primeiro benefício dessa escolha seria financeiro devido aos valores mais robustos oferecidos pelo clube. Em segundo lugar Neymar teria uma concorrência menos apertada provavelmente com Dí María e Callejón o que favoreceria sua adaptação.


Pesam contra o clube da capital o péssimo ambiente vivido pelo clube, com o acontecimento de diversos conflitos entre José Mourinho, agora ex-treinador do Real, e vários jogadores, dentre eles, Sérgio Ramos, Ozil, Casillas e mais recentemente Pepe. Outro fator que pesa contra é a necessidade que Neymar teria de desempenhar uma função tática mais definida, perdendo um pouco da sua liberdade e, possivelmente tendo que atuar pelo lado direito.


Por fim resta lembrar que a pressão que o craque viveria no Real é muito maior que no Barça. A exigência por resultados imediatos no Madrid é conhecida e é real. Um eventual insucesso precoce de Neymar poderia significar sua saída da equipe.

Fatores comuns

Tanto num clube quanto no outro Neymar pode sofrer com a adaptação a uma nova cultura, ao seu novo time e ao futebol europeu. Apesar disso tanto num quanto noutro terá o apoio de muitos brasileiros, Daniel Alves, Adriano e Thiago Alcântara (italiano, naturalizado espanhol, mas filho de Mazinho) pelo clube catalão e Marcelo, Pepe, Kaká e Casemiro pelo Real Madrid. O que facilitaria a adaptação.

Enfim, vá Neymar, vá ser feliz...


Depois de tanto apelo da imprensa, das torcidas de diversos clubes, dos brasileiros em boa parte, Neymar irá para a Europa. Esperamos que amadureça seu futebol, para de abusar de simulações e se torne um dos maiores jogadores brasileiros de todos os tempos. Desejamos que o sucesso de Neymar seja o sucesso do Brasil. O craque tem a habilidade, o carisma e as oportunidades de se tornar um dos maiores, sua ida para a Europa é o primeiro, e necessário passo, para isso. Vá Neymar, ganhe o mundo, para que o Brasil ganhe um gênio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...