segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Dinamo Bucuresti x Steaua Bucuresti: o derby eterno da Romênia

Continuando a missão de desvendar o que se passa nos clássicos do mundo, trato hoje, depois de contar histórias do grande clássico ucraniano entre Dynamo Kyiv e Shakhtar Donetsk, do maior clássico do futebol romeno, entre Dinamo Bucuresti e Steaua Bucuresti.


Além de ser a capital oficial da Romênia, Bucareste (foto) é o principal centro histórico-cultural, industrial e financeiro do país. Por vezes referida como a Paris do leste, a cidade não ficou imune aos encantos do mundo do futebol. 

Possuidora de um estilo arquitetônico eclético – variando entre os estilos medieval, neoclássico, art nouveau e mais recentemente moderno -, cujos primeiros registros históricos de sua existência remontam ao século XV, Bucareste passou a conviver, a partir dos anos 40-50, com a rivalidade entre Dinamo e Steaua, equipes da cidade que disputam o título de maior clube da Romênia.

O Steaua Bucuresti foi o primeiro dos rivais a ser criado. Nascido em 7 de junho de 1947, fruto do desejo da Casa Real Romena, o clube teve formada desde o seu início uma forte relação com o Exército Romeno. O marco da criação do clube foi a assinatura de um decreto por Mihail Lascar (foto), membro do alto escalão do Exército nacional. A equipe teve como primeiro nome Asociația Sportivă a Armatei București (traduzido para o português como Associação Esportiva do Exército de Bucareste).

Escudos do Steaua na história
Inicialmente, o clube adotou como suas cores o azul, o vermelho e o amarelo, cores da bandeira da Romênia. Apesar disso, o amarelo perdeu a importância rapidamente, e a equipe adotou apenas as cores azul e vermelha. É preciso dizer ainda que o clube sofreu algumas alterações de nome e escudos durante sua existência. 

A adoção da estrela vermelha, símbolo dos clubes dos exércitos do leste europeu, durante um período, é exemplo disso. Por fim, resta necessário dizer que em 1998 se extinguiu a relação formal entre o clube e o exército, perdurando como único laço entre os dois o estádio usado pela equipe, o qual pertence ao Ministério da Defesa Nacional.

Aproximadamente um ano depois, em 14 de Maio de 1948, foi criado o Dinamo Bucuresti. Originado da fusão entre o Unirea Bucuresti e Ciocanul Bucuresti, em movimento necessário devido às regras impostas pelo regime comunista instituído, inicialmente o clube esteve dividido em dois: o “Dinamo A”, que obteve algum sucesso e de fato se transformou no Dinamo Bucuresti, e o “Dinamo B” que se transformaria em Dinamo Brasov e deixaria de existir em 1958. Além disso, o clube manteve durante muito tempo relações com o Ministério do Interior.

Curiosamente, o atual emblema do Dinamo mostra dois cães (foto). Isso é uma referência aos históricos irmãos Radu e Ion, que nas décadas de 60 e 70 marcaram época no clube.

Os rivais são as equipes de maior sucesso do país. Foram elas que conquistaram o maior número de títulos e que mais se destacaram internacionalmente. Ademais, os dois clubes nunca foram rebaixados para a segunda divisão. Nesse ponto, o Steaua vai além: só esteve abaixo do sexto lugar em cinco ocasiões. Estes fatores, somados à disputa local, garantiram e garantem uma atmosfera muito tensa nos clássicos.

Nesse ponto, é necessário dizer que a rivalidade tem páginas muito violentas. Além das diversas ocorrências de violência, comuns à grande maioria dos grandes clássicos do mundo, é preciso lembrar uma ocasião em especial, que nunca será esquecida. Em 1997, antes do início de um derby na casa do Steaua, uma facção da torcida do Dinamo incendiou uma parte do setor sul do Estádio Ghencea.

Um dos últimos clássicos

Ao todo, os clubes se enfrentaram 153 vezes. Surpreendentemente, no confronto direto há empate no número de vitórias. São 54 para cada um e 45 empates. Já nos títulos não há tanto equilíbrio. O Steaua teve até hoje considerável superioridade em conquistas, sendo também o único a conquistar títulos continentais.

Nos Campeonatos Romenos são 24 títulos para o Steaua e 18 para o Dinamo, Copas são 21 para os rubro-azuis, contra 13 dos alvirrubros. Já em Supercopas o placar é 6x2 pró-Steaua. Outrossim, como afirmado, o Steaua já conquistou a Europa em duas ocasiões, uma vez levantando a taça da UEFA Champions League (então European Cup) (foto), e outra a UEFA Super Cup.


A equipe do Steaua foi a primeira equipe do leste europeu a vencer a UEFA Champions League, conquista que se deu na temporada 1985/1986*. Naquela ocasião, o principal destaque foi o goleiro Duckadam, que defendeu quatro cobranças penais dos jogadores do Barcelona na final em Sevilla. 

Apesar disso, o primeiro sucesso romeno na competição europeia aconteceu em 1983/1984, quando o Dinamo se tornou o primeiro clube da Romênia a chegar às semifinais da competição, tendo sido derrotado pelo Liverpool (foto).

Diferentemente de outras rivalidades em que poucos jogadores atuaram pelos dois rivais, na rivalidade romena 53 atletas passaram pelos dois clubes em cerca de 65 anos de rivalidade. Dentre estes “corajosos” cumpre destacar o romeno Gheorghe Popescu (foto à esquerda) que chegou a atuar por PSV Eindhoven e Barcelona. 

Afora jogadores, alguns técnicos passaram pelos dois clubes. Foram 9 ao todo, destacando-se o treinador italiano Walter Zenga (foto à direita).

Alguns brasileiros já defenderam as cores dos clubes romenos. Ao todo cinco atletas tupiniquins vestiram a camisa do Dinamo, dentre os quais destaco o zagueiro Júlio César, que dentre outros clubes defendeu o Milan e o Real Madrid. Já o Steaua contou com os préstimos de nove brasileiros, sendo os mais conhecidos o goleiro Andrey, com passagens por Figueirense e Cruzeiro e o baixinho meia Élton, revelado no Corinthians. Atualmente, o Steaua conta com o atacante brasileiro Leandro Tatu (foto) e o Dinamo com o volante formado no Vitória, Elton Figueiredo.

Após alguns anos de sucesso do CFR Cluj, o Steaua voltou a ser campeão na última temporada e  também é o atual líder do campeonato. Já o Dinamo não conquista o campeonato romeno deste a temporada 2006/2007 e ocupa atualmente a oitava posição.



*Para mais informações sobre o título da UEFA Champions League conquistado pelo Steaua confira nosso post:  1967, 1986 E 1991 – Anos únicos para, Escoceses, Romenos e Sérvios.

Abaixo as atuais escalações das equipes:






5 comentários :

  1. Vamos vamos meu Steaua,vamos , vamos para a gloria. Alguém sabe algum site que eu encontro alguma coisa sobre a maravilhosa camisa do Steaua?

    ResponderExcluir
  2. Olha o Steaua já ganhou a UCL ,eu nem sabia.Vc podia fazer um artigo sobre o Nothingham Forest,que ganhou 2 UCL e hoje em dia ninguem mais fala do clube.

    ResponderExcluir
  3. Tem o http://www.mantosdofutebol.com.br/; uniformesx.blogspot.com ; http://camisariafutebolclube.blogspot.com.br/; não sei se tem algo relacionado ao Steaua, mas dê uma olhada. Quanto ao Nottingham Forest, ele está na nossa pauta para o futuro, acompanhe o blog!

    ResponderExcluir
  4. muito obrigado,achei uma avaliação da camisa do Steaua no Uniformes x,muito bom recomendo.Só tive um pouco de dificuldade para achar o blog,por que o endereço correto é http://uniformesx.blogspot.com.br.

    ResponderExcluir
  5. Por nada, o Uniformes X é nosso parceiro, sempre que precisar do link dele é só ir no "Parceiros" aqui!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...