segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Kanté, o melhor volante da Premier League 2015-2016

Muito tem sido dito sobre o fantástico momento vivido pelo Leicester City. A forma como Claudio Ranieri armou sua equipe, a habilidade e eficiência de Riyad Mahrez e o faro de gol do goleador Jamie Vardy são os tópicos mais comentados. No entanto, muitas vezes tem sido deixado de lado outro que é tão importante quanto os supracitados: o papel do discreto, porém vital, N’Golo Kanté, incansável e onipresente volante contratado pelos Foxes para a disputa da presente temporada.



£6,75 milhões foi o valor que o Leicester pagou ao modesto Caen, da França, pelo futebol de um dos maiores ladrões de bolas da Premier League. Pouco, como sua estatura, apenas 1,69m, o que contrasta com a grandeza com a qual recupera as bolas dos pés adversários e inicia as rápidas e eficientes jogadas de contra-ataque de seu time.

De acordo com o site Whoscored, apenas Lucas Leiva tenta mais desarmes por partida do que Kanté. Enquanto o brasileiro tenta uma média de 4,6 por jogo, o baixinho dos Foxes tenta 4,2. No entanto, ao mesmo tempo, o volante do Liverpool faz 2,1 faltas por jogo, contra 1,1 de Kanté.

Com isso, o astuto meio-campista do Leicester acaba recebendo muito poucos cartões amarelos. Na Premier League, com 26 partidas disputadas, o jogador só foi advertido em três ocasiões. Como se não bastasse, é ainda quem mais acerta passes no time de Ranieri, com 82% de aproveitamento, sendo o segundo atleta que mais os distribui, atrás apenas do companheiro de meia-cancha Daniel Drinkwater. E não para por aí.

O jogador não só desarma e passa a bola para seus companheiros como muitas vezes arrisca jogadas mais agudas. Kanté é o quarto jogador no ranking de assistências da equipe, com três, e o quinto que mais ocasiões de gol cria para seus companheiros, com 19. Haja pulmão para desempenhar de forma tão completa as tarefas do meio-campo. Dentre as 26 partidas do Leicester na Premier League, apenas em cinco o jogador não atuou nos 90 minutos, algo que é padrão desde a 7ª rodada.

Diante da completude de jogo que o volante tem mostrado, outra disputa tem sido colocada à frente do jogador e não tem relação com o que acontece dentro dos campos. Nascido na França, o ladrão de bolas é filho de malineses e poderia representar as cores do país, que já tentou convencê-lo em algumas ocasiões. Apesar disso, nos últimos dias o jogador voltou a afirmar que ainda não se decidiu.

“Até o momento, não tomei minha decisão. Estou concentrado no meu clube. Veremos o que acontece”, disse ao L’Equipe, após a derrota do Leicester para o Arsenal.

Comparado ao histórico Claude Makelele, o jogador vem sendo elogiado por grande parte da crítica. Icônico ex-zagueiro do Liverpool, Jamie Carragher disse que “as pessoas se enganam pensando que ele é um volante (...) ele pode fazer tudo e cobrir cada pedaço de grama”. Por sua vez, Rio Ferdinand garantiu que “agora, ele é o melhor nos desarmes e recuperações de bola no planeta".

Mapa de calor do jogador na partida contra o Arsenal


Há alguma dúvida de que o jogador vive grande momento e de que as Seleções da França e do Mali devem batalhar com unhas e dentes para contar com o futebol de N’Golo Kanté? Não. A pergunta que fica é o que levou os Foxes a pinçarem a contratação deste grande jogador? Os números e a insistência do auxiliar técnico do clube, Steve Walsh, o que Ranieri revelou ao Daily Mail:

“Ele (Walsh) me chamou quando cheguei aqui em junho e depois em julho. Ele disse, Kanté, Claudio, Kanté. Ele estava determinado a contratá-lo mais do que eu. Ele tem sido fantástico para nós”, disse o treinador italiano em dezembro.

Walsh estava convencido de que o jogador que mais havia feito interceptações na última temporada – considerando as cinco principais ligas europeias (Premier League, Bundesliga, La Liga, Serie A e Ligue 1) –, com 109, e o segundo que mais havia desarmado, com 108, teria sucesso no King Power Stadium. E estava certo.

Kanté é mais uma história de sucesso do Leicester. Não custou tão pouco quanto Mahrez ou Vardy e nem chegou com tanta desconfiança quanto Ranieri, mas seu negócio valeu tanto quanto estes outros. É raro encontrar jogadores tão completos quanto o camisa 14 dos Foxes, um operário que vale por vários, um jogador que transparece a impressão de que seu time joga com jogadores a mais.

Me reservo ao direito de não ser tão abrangente quando o histórico Ferdinand. Diante dos fatos e números, afirmo que Kanté é o melhor volante da Premier League 2015-2016 e, considerando todas as posições, um dos melhores jogadores, alguém com quem se pode sempre contar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...