segunda-feira, 2 de maio de 2016

Os impactos da iminente venda de Hummels

Parece questão de tempo o anúncio oficial da venda do zagueiro e capitão do Borussia Dortmund, Mats Hummels, ao rival Bayern de Munique. Após anos de especulações, as quais incluíram os mais diversos clubes e situações, parece certo que o destino do craque alemão será o clube bávaro, indiscutivelmente, uma grande perda para os aurinegros e algo que reafirma a superioridade do clube de Munique no cenário alemão, tendo levado anteriormente Robert Lewandowski e Mario Götze à Allianz Arena. Todavia, qual é o verdadeiro impacto da perda de Hummels para o Borussia?



Saída de bola


Grande parte do trabalho de pressão que o Borussia exerce desde os tempos de Jürgen Klopp, o que, a despeito de algumas alterações temporada após temporada e desde a chegada de Thomas Tuchel ao comando do clube, dá a tônica do sucesso recente dos aurinegros, passa pela fundamental capacidade de começar esse trabalho lá atrás. Uma vez que a pressão do clube funciona, a saída de bola precisa ser rápida para o contragolpe ser mortal e Hummels é essencial para a eficácia de tal ideia de jogo.

Extremamente técnico e bom passador, o zagueiro alemão foi até hoje certeza de boa saída de bola no clube. É comum vê-lo rompendo a linha da meia-cancha, avançando, fazendo lançamentos longos e se apresentando para o jogo. Além de confundir os adversários, que não esperam que um zagueiro avance tanto, quebra uma etapa na construção de jogo, que, em grande parte das equipes, só começa a partir do meio-campo.

Com a iminente saída de Hummels, o Borussia Dortmund perde algo que o caracteriza e o diferencia. Toda a estrutura de jogo do clube ficará comprometida com a ausência do jogador.

Liderança


Ademais, o clube perderá aquele que hoje é considerado, indiscutivelmente, seu maior ídolo e referência. Afirmado capitão do time desde a aposentadoria do volante Sebastian Kehl e tendo ganhado ainda maior importância com a ida do importante Roman Weidenfeller ao banco de reservas, suplantado por Roman Bürki, Hummels certamente foi até hoje um exemplo a ser seguido dentro do clube.

Tendo tido inúmeras oportunidades de deixar o clube e, ainda assim, seguido no clube que o deu oportunidades verdadeiras no futebol, o jogador ganhou o respeito de todos, de dentro e de fora do clube alemão. Além disso, ver o jogador em campo, sempre transmitiu grande segurança ao torcedor do clube, posto que estamos falando de um dos melhores do mundo, uma referência da posição.


A relação entre clube e torcida, no entanto, já está abalada, o que ficou demonstrado com a última manifestação da claque que sempre esteve a seu lado: “Capitão abandonando o barco. Quanto antes melhor!”, sinalizou uma irritada e decepcionada muralha amarela (foto acima).

Dificuldade de encontrar bons substitutos


No entanto, o ponto mais dramático da despedida que se aproxima será a dificuldade de repor a saída de um dos pilares do time. Para muitos, estamos falando simplesmente do melhor zagueiro do mundo e é certo que ainda que não o seja, está dentre os cinco melhores e que os demais membros deste seleto grupo encontram-se em equipes do mesmo patamar ou superior ao do Borussia Dortmund.

Muito tem sido dito sobre a possível contratação de Niklas Süle (foto) pelos aurinegros, mas trata-se de uma aposta. O jogador tem apenas 20 anos e representa o Hoffenheim, clube com pretensões muito inferiores e uma história indiscutivelmente menor. Além disso, chegaria com o peso de manter a estabilidade de uma das melhores defesas do mundo. É claro que no elenco do Borussia ainda há boas opções, mas nenhuma está nem de perto e nem de longe próxima de ter a qualidade do atual capitão.

Não é prudente duvidar do fato de que o Borussia Dortmund pode descobrir uma grande promessa e moldar um “novo Hummels”, como demonstra sua recente história, mas é fato que esta é uma tarefa dificílima e que deve estar preocupando o treinador Thomas Tuchel. Parece evidente o fato de que jogadores consagrados da qualidade de Jérôme Boateng, Sergio Ramos ou Giorgio Chiellini sequer serão cogitados, logo é difícil prever como o clube vai superar a praticamente selada saída de seu ídolo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...