terça-feira, 18 de outubro de 2016

A ascensão de Gelson Martins

Mesmo estando há anos sem conquistar o título português, o Sporting CP tem mostrado solidez nos últimos tempos. Do repatriamento de Nani à venda de João Mário por cifras altíssimas, passando pela chegada controversa de Jorge Jesus ao comando alviverde, os Leões têm dado mostras de força. É em meio a esse contexto que desponta a estrela de mais um jogador formado na afamada base sportinguista: Gelson Martins.



“Fizeste-me passar mal”, teria dito o lateral Marcelo, do Real Madrid, a um veloz e imberbe garoto luso-cabo-verdiano, após a suada vitória do escrete madrileno contra os lusos na primeira rodada da fase de grupos da edição atual da UEFA Champions League – veiculou o Record. Esse garoto de 21 anos e corrida incansável vem preenchendo noticiários e manchetes em Portugal nessa temporada.

Quando o esperado era ver a titularidade da ponta destra do Sporting ser disputada por jogadores com maior rodagem, casos do costarriquenho Joel Campbell e do sérvio Lazar Markovic, é Gelson Martins quem tem dado as cartas.

Radicado em Portugal desde os oito anos, o jogador chegou às categorias de base leoninas em 2010, após passagem de destaque pelo Futebol Benfica, clube lisboeta sem qualquer relação com o famoso Sport Lisboa e Benfica. Desde que chegou à equipe B do alviverde, não parou de ascender. Vale a menção ao preço módico pago pelo Sporting ao clube em que começou sua trajetória: 33 mil euros – um mil no ato da assinatura do contrato, dois quando de sua promoção aos juniores e 30 ao completar cinco partidas como atleta profissional.

Leia também: André Silva, a aposta de ataque Portista

Aproveitando-se de uma lacuna deixada por João Mário, que devido à sua peculiar polivalência muitas vezes atuava pela ponta direita, Gelson vem arrebatando os corações dos torcedores no Estádio José Alvalade, conquistando a admiração do mundo da bola. Se na temporada passada foi suplente muito utilizado (com 42 aparições, 29 delas saindo do banco), nesta sua titularidade é absoluta, tendo o atleta disputado todos os 10 jogos de seu time – apenas um como reserva.

Muitas vezes conhecido por sua sisudez, nem mesmo o treinador Jorge Jesus consegue poupar elogios a seu talentoso ponta direita:

"Temos de realçar que este miúdo [Gelson] está num momento muito forte, quebra qualquer lateral esquerdo. Não há ninguém em Portugal como ele. Mas ainda está em fase de aprendizagem, esperemos que ele saiba viver este momento. É um miúdo, mas muito profissional. Vai crescer. Está a crescer em termos táticos e físicos", disse em entrevista coletiva após a vitória do Sporting perante o Estoril.

Seus números não dão margem para dúvidas com relação à excelência de suas atuações recentes. Nas sete partidas que disputou pelo Campeonato Português de 2016/17, Gelson marcou dois tentos e construiu três assistências. Passes para gol não convertidos somam mais 10 ocasiões, o percentual de passes que acerta ultrapassa os 82% e o jogador ainda tem conseguido vencer 66% dos duelos contra seus adversários, demonstrando, de fato, sua facilidade para infernizar os laterais rivais.

Dessa forma, outro caminho não poderia sua carreira tomar senão o da exposição aos holofotes. Eleito o melhor jogador jovem do Campeonato Português seguidamente nos meses de agosto e setembro, conquistou com todos os méritos seu primeiro chamado à Seleção das Quinas, optando, definitivamente pelo selecionado lusitano, em detrimento de sua nação natal – Cabo Verde. Antes, já havia representado as cores portuguesas nos escalões sub-18, 19, 20 e 21, sempre com destaque.

Outro reflexo de seu bom desempenho, impossível de ser evitado, é o despertar do interesse dos maiores clubes do planeta em seu futebol. Eis o caminho natural pelo qual passam os maiores nomes do futebol português, como comprovam as trajetórias de estrelas como Luis Figo e Cristiano Ronaldo, dentre outras tantas. Oficialmente, um olheiro do Barcelona já assumiu o interesse do clube catalão ao jornal Record. À atenção Culé junta-se a do Bayern de Munique, a do Manchester United e a do Real Madrid, amplamente noticiadas pela imprensa europeia.

Sobre isso, inclusive brincou o Twitter oficial do Sporting. Not for sale – não está à venda – indicou a legenda da postagem de um vídeo com um dos melhores lances de Gelson na partida em que o Sporting visitou o Real Madrid. Todavia, como o histórico da carreira de outros expoentes sportinguistas indica, a se manter o grande nível exibicional de Gelson Martins, mais cedo ou mais tarde, seu talento será visto além da Academia Sporting, em Alcochete, e do Estádio José Alvalade. Seu contrato com o clube português vige até 2021.

Hoje, Gelson é uma das grandes surpresas do futebol português. Contudo, a cada dia que passa vai se consolidando e deixando de ser novidade. Seu talento já vinha sendo demonstrado na temporada passada, mas ao final da mesma não se esperava um amadurecimento tão rápido. O luso-cabo-verdiano viu uma brecha se abrir com a saída de João Mário e tomou conta da ponta direita do Sporting. Encantando torcedores, seu treinador e chamando a atenção de outras equipes, o garoto reforça a tradição dos Leões na formação de atletas de formidável habilidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...