segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Europeus de Volta - Campeonato Francês


Dando prosseguimento com a série de matérias sobre os campeonatos europeus hoje falarei do campeonato francês.


CAMPEONATO FRANCÊS  - LIGUE 1

Louis Nicollin - Presidente do Montpellier
Zebra no último campeonato, o campeão Montpellier dificilmente viverá novos gloriosos dias nessa temporada.  Perdeu nada menos do que seu jogador mais importante, o artilheiro do campeonato francês Olivier Giroud que rumou para Londres onde já representa as cores do Arsenal. Chegaram para o clube jogadores de expressão nacional e o atacante argentino Emanuel Herrera ex – Unión Española-CHI. Pouco para um time que terá forte concorrência no francês e ainda dsputará a Uefa Champions League. Mas é bom não duvidar, o time do exótico, controverso e língua solta - como dito em reportagem da revista Placar do mês de Julho deste ano - presidente Louis Nicollin calou muitos na temporada passada.

Vice na temporada 2011/2012 o milionário PSG abalou o mercado mundial de transferências. Trouxe nada menos que o sueco Zlatan Ibrahimovic e o brasileiro Thiago Silva do Milan, o atacante da seleção argentina Ezequiel Lavezzi e o promissor meia Lucas que permanecerá no São Paulo até o fim do ano. As perdas foram quase imperceptíveis. De relevante apenas o lateral direito Ceará que retornou ao Brasil para jogar no Cruzeiro e o zagueiro sérvio Bisevac que foi para o Lyon. Apesar de um início desanimador com três empates em três jogos deverá crescer, e, a meu ver, é o favorito ao título, mas como também fiz esse prognóstico na última temporada, tudo é possível.

Lisandro López
Hegemônico na última década, o Lyon passa por temporadas de reestruturação, não pode ser descartado como candidato ao título. Enxugou o elenco com a saída de treze atletas e a chegada de apenas dois. Mas os reforços foram pontuais. Sua perda mais sentida foi sem dúvida o lateral Aly Cissokho que foi jogar no Valência. Além dele deve ser sentida a perda do meia Kim Kallstrom que foi para o futebol russo jogar no Spartak Moscou. Com a saída do lateral o clube repôs o elenco com o argentino Monzón, revelação do Boca que estava no Nice e além dele chegou o zagueiro Bisevac do PSG para reforçar a fraca defesa que conta com o veteraníssimo Cris e os jovens Lovren e Koné.

Campeão a duas temporadas, o glorioso Olympique de Marselha quer apagar a fraca campanha da temporada 2011/2012 quando ficou em 10° e durante boa parte da competição brigou contra o rebaixamento. Para isso aposta na mesma base do ano anterior. Seus destaques são os meias Valbuena e Ayew, o atacante Remy e o goleiro Mandanda. Saíram o atacante Brandão, para o Saint Etienne, o volante da seleção francesa Alou Diarra, para o West Ham, e o lateral direito                 Azpilicueta, para o Chelsea e chegou apenas o jovem atacante argelino Raspentino ex-Nantes.

No mais, o campenato contou com a chegada do controverso atacante romeno Mutu para o Ajaccio, o atacante Salomon Kalou (esq.) e o meia Martin para o Lille, o interminável Giuly (abaixo) para o Lorient, o atacante destaque do Boca Dario Cvitanich (acima)que chega ao Nice e o veterano zagueiro Zebina para o Tolouse bem como  o camaronês Makoun para o Rennes. A principal perda para o campeonato foi  o atacante belga Hazard que saiu do Lille para o Chelsea.

Enquanto isso nas já faladas ligas inglesa e espanhola...

O Espanyol acertou com o lateral campeão mundial Capdevilla que estava no Benfica, o Valencia – como já falado – trouxe o lateral Aly Cissokho do Lyon e o Real trouxe o badalado meia croata Luka Modric. No inglês o Chelsea trouxe o lateral do Marselha Azpilicueta e o atacante ex-Wigan Victor Moses e o Liverpool ganhou a briga com o Arsenal e acertou o empréstimo do meia turco Nuri Sahin.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...