quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

O título que o Deportivo La Coruña esperou três dias para comemorar

Era o ano de 1995. De um lado estava o Deportivo La Coruña, vice-campeão nacional; do outro, o Valencia. Se os galegos traziam a qualidade de Bebeto, Javier Manjarín e Donato, a esquadra valenciana contava com a experiência de Andoni Zubizarreta e Mazinho — além da juventude de Gaizka Mendieta e o poder de fogo de Predrag Mijatovic e Lubo Penev. O palco foi o estádio Santiago Bernabéu e tudo corria como esperado, até o momento em que foi impossível lutar contra uma força da natureza.


Foto: Diario AS

terça-feira, 11 de dezembro de 2018

A glória do Schalke 04 que o Dortmund ofuscou

Não é raro ver o Schalke 04 bater na trave quando o assunto são os títulos. O Campeonato Alemão não chega desde 1958. Só o Bayern de Munique foi tantas vezes vice quanto os azuis reais — são 10 vezes, com o diferencial de que os bávaros detêm o recorde de conquistas. Ainda assim, a tradição do Schalke também se baseia em êxitos. Um de seus principais, continental, veio em 1997, mas a comemoração não foi assim tão feliz.


Foto: Getty Images


terça-feira, 4 de dezembro de 2018

A adaptação e importância de Bernard ao Everton

Um dos clubes que mais provocou reações na última janela de transferências europeia foi o Everton. Havia, ali, apostas interessantes; jogadores de qualidade que despertavam questionamentos: como se adaptarão às exigências da Premier League? Como se amoldarão às ideias do treinador Marco Silva (então outra novidade). No caso do brasileiro Bernard, não raro criticado por seu desempenho na Copa do Mundo de 2014, as perguntas eram ainda maiores, muito em razão de suas condições físicas e de seu passado recente, atuando na Ucrânia. Entretanto, o jogador tem se saído bem.


Foto: Catherine Ivill/ Getty Images

terça-feira, 27 de novembro de 2018

A afirmação de Philip Billing, em meio à dura missão do Huddersfield Town

Desde que chegou à Premier League, o Huddersfield Town tem tido uma só tarefa: manter-se na elite do futebol inglês. Passaram-se mais de 40 anos até que, liderado pelo treinador alemão David Wagner, o clube conseguiu retornar ao mais alto nível. E se foi difícil voltar, mais ainda é permanecer. Em 2017/18, tal tarefa foi alcançada. Na temporada atual, as dificuldades têm sido semelhantes, mas o clube confia na evolução de uma joia. Enfim, parece ter chegado a hora de Philip Billing.


Foto: PA Sport

terça-feira, 20 de novembro de 2018

Atacando com outras armas

A narrativa do futebol holandês remonta ao final dos anos 60. Naquele momento histórico, o Feyenoord conquistou a Europa. Depois, viu seu grande rival, o Ajax, liderar o continente por três temporadas, o que culminou com o brilho da seleção local nas Copas do Mundo de 1974 e 78. Aquele time forjou a alcunha de Carrossel Holandês e consagrou um estilo de jogar elogiado por se fazer “Total”. Foi a primeira mostra de que o ideal estético, a beleza, seriam marcas do time alaranjado.


Arte: O Futebólogo

terça-feira, 13 de novembro de 2018

Comandado por Frank Lampard, Derby County volta a sonhar

Não é mistério para nenhum amante do futebol inglês o fato de que os melhores anos do Derby County aconteceram na década de 1970. Foi naquele momento histórico que os Rams conquistaram seus títulos mais importantes, época marcada pela passagem de Brian Clough pela equipe. Apesar disso, já faz tempo que o time das East Midlands vive à margem dos títulos e da primeira divisão. Na temporada 2018/19, sob o comando de Frank Lampard, o time tenta novamente retornar à elite.


Foto: Yahoo Sports

terça-feira, 6 de novembro de 2018

Elementos da final do século: River Plate e Boca Juniors

Controvérsia à parte, River Plate e Boca Juniors, os poderosos rivais da capital argentina, Buenos Aires, chegaram à final da Copa Libertadores da América. A partir do momento em que se confirmou o encontro, o mundo do futebol foi forçado a virar sua atenção para o confronto; trata-se de um dos maiores clássicos do planeta e de uma final histórica — seja pela disputa, em si, ou pelo fato de que será a última final com partidas de ida e volta. Assim, o que se pode esperar do superclássico do século?


Foto: AFP

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...