terça-feira, 20 de novembro de 2018

Atacando com outras armas

A narrativa do futebol holandês remonta ao final dos anos 60. Naquele momento histórico, o Feyenoord conquistou a Europa. Depois, viu seu grande rival, o Ajax, liderar o continente por três temporadas, o que culminou com o brilho da seleção local nas Copas do Mundo de 1974 e 78. Aquele time forjou a alcunha de Carrossel Holandês e consagrou um estilo de jogar elogiado por se fazer “Total”. Foi a primeira mostra de que o ideal estético, a beleza, seriam marcas do time alaranjado.


Arte: O Futebólogo

terça-feira, 13 de novembro de 2018

Comandado por Frank Lampard, Derby County volta a sonhar

Não é mistério para nenhum amante do futebol inglês o fato de que os melhores anos do Derby County aconteceram na década de 1970. Foi naquele momento histórico que os Rams conquistaram seus títulos mais importantes, época marcada pela passagem de Brian Clough pela equipe. Apesar disso, já faz tempo que o time das East Midlands vive à margem dos títulos e da primeira divisão. Na temporada 2018/19, sob o comando de Frank Lampard, o time tenta novamente retornar à elite.


Foto: Yahoo Sports

terça-feira, 6 de novembro de 2018

Elementos da final do século: River Plate e Boca Juniors

Controvérsia à parte, River Plate e Boca Juniors, os poderosos rivais da capital argentina, Buenos Aires, chegaram à final da Copa Libertadores da América. A partir do momento em que se confirmou o encontro, o mundo do futebol foi forçado a virar sua atenção para o confronto; trata-se de um dos maiores clássicos do planeta e de uma final histórica — seja pela disputa, em si, ou pelo fato de que será a última final com partidas de ida e volta. Assim, o que se pode esperar do superclássico do século?


Foto: AFP

quinta-feira, 1 de novembro de 2018

A máquina dinamarquesa que encantou mas acabou reduzida a pó

Nos anos 80, o mundo do futebol foi forçado a notar a presença da Dinamarca. Sob a liderança do treinador alemão Sepp Piontek, nascido em território da atual Polônia, o país viu sua mais talentosa geração de jogadores nacionais surgir. Os primeiros e poderosos sinais disso vieram nas eliminatórias e na disputa da Eurocopa de 1984. Nesta ocasião, os escandinavos foram às semifinais do certame e só caíram nas penalidades máximas, perante a Espanha. Dois anos depois, fariam ainda mais barulho, para o seu bem e mal.


Foto: Desconhecido

terça-feira, 30 de outubro de 2018

Axel Witsel e o peso de uma grande contratação

É aos 29 anos que, pela primeira vez em sua carreira, o meio-campista belga Axel Witsel disputa uma das principais ligas do continente europeu. Agora, o atleta, de marcante penteado black power, confirma que o ótimo desempenho vestindo a camisa da Bélgica não é coisa de ocasião. Representando o Borussia Dortmund, reafirma as qualidades conhecidas pelos torcedores de Benfica e Zenit. Mas, mais do que isso, deixa claro o impacto que uma grande contratação pode levar a uma equipe.


Foto: EPA

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

O melhor ano da Udinese de Antonio Di Natale

Talvez o futebol italiano seja o que melhor conserva as lealdades entre clubes e lendas. Exemplos são fartos, como as parcerias entre Roma e Francesco Totti, Milan e Paolo Maldini ou Juventus e Alessandro Del Piero não deixam mentir. E essa não é uma situação que se verifica apenas nas maiores forças do Calcio. Uma das provas responde pelo nome de Antonio Di Natale, lenda da Udinese e que, em 12 temporadas, viveu alguns dos melhores dias dos friulanos.


Foto: Desconhecido



terça-feira, 23 de outubro de 2018

O fracasso do "Valladolid Colombiano"

Um dos grandes jogos da Copa do Mundo de 1990 foi disputado por Camarões e Colômbia, no Stadio San Paolo, em Nápoles. Os sul-americanos contavam com uma das gerações mais talentosas de sua história, mas, do lado africano, havia um jogador mítico disposto a decidir. O jogo foi para a prorrogação e, em coisa de dois minutos, o reserva Roger Milla, que entrara no segundo tempo, condenou os cafeteros. Alguns dos titulares naquele fim de tarde foram René Higuita, Carlos Valderrama e Leonel Álvarez, que voltariam a se encontrar muito em breve.


Foto: Goal.com



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...