quinta-feira, 12 de setembro de 2013

A contínua renovação Alemã

Após a geração de Bernd Schneider, Michael Ballack, Torsten Frings, Oliver Kahn e Jens Lehmann – a Geração da Copa de 2006 – muito se pensou sobre como seria o futuro da seleção alemã. Mas rapidamente essa preocupação se dissipou. Garotos como Manuel Neuer, Thomas Müller, Sami Khedira, Toni Kroos, Marko Marin e Mesut Ozil apareceram já na Copa do Mundo de 2010. O antes ajudante Bastian Schweinsteiger tomou para si o meio campo germânico e conduziu a equipe mais uma vez ao terceiro lugar. E não parou por aí. A já revitalizada seleção de 2010 tem ainda muitos novos nomes. Trago ao leitor alguns jogadores que compõe essa nova safra de jogadores que começou a nascer em 2010. Alguns já são total realidade e alguns estão em evolução, mas está provado que a organização do futebol alemão está sendo frutífera, e não passa despercebida.



Bernd Leno – Goleiro – Bayer Leverkusen – 21 anos
Goleiro revelado pelo Stuttgart, Leno foi emprestado ao Bayer Leverkusen em 2011 para substituir René Adler, que estava contundido. Vale lembrar que Adler não é “qualquer goleiro”. Ele seria o titular na vaga de Manuel Neuer em 2010 não fosse uma contusão. Leno ganhou a confiança da equipe que o contratou em definitivo e cedeu Adler ao Hamburgo. O jovem arqueiro tem ainda alguns feitos na carreira: é o mais jovem goleiro alemão a disputar uma partida de UCL e é um dos três goleiros alemães na história a não sofrer gols nas três primeiras partidas como profissional. Tem muito futuro.


Marc-André Ter Stegen – Goleiro – Borussia Monchengladbach – 21 anos
Ter Stegen foi revelado pelo próprio Gladbach. Após muito sucesso no time reserva da equipe, ele ascendeu à principal para substituir o belga Logan Bailly e já na primeira temporada mostrou seu potencial com grandes atuações. Na equipe que contava com Marco Reus, Dante, Neustadter e Patrick Hermann, o goleiro chegou à Seleção Alemã. É pretendido por uma infinidade de clubes. Tem muito talento.

Sven Ulreich – Goleiro – Stuttgart – 24 anos
Desde 2008 no elenco principal do Stuttgart Ulreich é um goleiro que passou por grande parte das categorias de base da Seleção Alemã. Há exemplo de Ter Stegen o sucesso na equipe reserva foi o que o levou à equipe principal.  Suas ótimas atuações fizeram com que, em 2012, a direção do Stuttgart prolongasse seu contrato até 2017.

Ron-Robert Zieler – Goleiro – Hannover 96 – 24 anos
Zieler tem uma história bem diferente. O goleiro de 1,85m (baixo para os padrões atuais), começou sua carreira na base do Colônia. Ainda nos juniores foi para o Manchester United. Lá passou três anos. Sem ser aproveitado foi emprestado ao Northampton Town, onde atuou pouco. Em 2010 chegou ao Hannover, mas atuou no time reserva da equipe. Foi no ano de 2011 que sua carreira decolou. Com defesas plásticas e muito posicionamento Zieler chegou à seleção. E, embora seja reserva, é presença constante.

Mats Hummels – Zagueiro – Borussia Dortmund – 24 anos
Renegado pelo Bayern de Munique Hummels, considerado um dos melhores zagueiros do mundo na atualidade, viu sua sorte mudar com um empréstimo ao Borussia Dortmund. E o empréstimo valeu sua contratação em definitivo. Rápido, bom na bola aérea e detentor de boa técnica, Hummels já é titular da seleção alemã e é total realidade.

Holger Badstuber – Zagueiro – Bayern de Munique – 24 anos
Outro zagueiro da nova geração formado no Bayern de Munique Badstuber teve um início titubeante. E demorou a ganhar a confiança de seus torcedores. Atuando por vezes na lateral esquerda, o zagueiro teve dificuldades, mas com o tempo seu futebol amadureceu. A ponto de sua contusão na atual temporada ter sido muito sentida pela equipe e amaldiçoada pelo torcedor do clube bávaro. Também já é frequente na Seleção.

Jerome Boateng – Zagueiro – Bayern de Munique – 24 anos
Defensor criado no Herta Berlim, Jerome Boateng se destacou no Hamburgo, mas só conseguiu viver seu melhor momento na última temporada. Após total insucesso no Manchester City o Bayern de Munique apostou no seu potencial. Mas no início o zagueiro “quebrou o galho” atuando grande parte das vezes pelas laterais da equipe. Ele só se firmou com as chegadas de Dante e Javi Martínez, mas desde então vem jogando com destaque.

Philipp Wollscheid – Zagueiro – Bayer Leverkusen – 24 anos
Este zagueiro de 1,94m começou sua carreira atuando por equipes de pouca ou nenhuma significação. Primeiro na sexta divisão, e depois na terceira, ele conseguiu ser contratado pelo Nuremberg, onde jogou até ser contratado pelo Bayer. Como sua altura indica, seu forte é o jogo aéreo. Mas, demonstra também segurança por baixo, apesar de não ter muita velocidade.

Ilkay Gündogan – Volante – Borussia Dortmund – 22 anos
Gündogan, jogador de origem turca, foi desenvolvido no Bochum. Logo se mudou para o Nuremberg, onde atuou com o zagueiro Wollscheid. Sua capacidade de controle de meio-campo, sua extrema qualidade de passe e boa chegada ao ataque não passaram despercebidas. E o Borussia o contratou. Lá desenvolveu mais ainda seu futebol, e hoje é sem dúvida um dos melhores atletas do mundo em sua posição.

Roman Neustadter – Volante – Schalke 04 – 25 anos
Volante de 1,88m nascido na Ucrânia quando seu pai atuava pelo Dnipro, Neustadter começou sua carreira no Mainz. Atuando como primeiro volante, e por vezes como zagueiro chegou ao Borussia Monchengladbach e após grande temporada com a equipe foi contratado pelo Schalke 04. Já atuou pela Seleção Alemã. É uma ótima opção para segurar o jogo do adversário.

Sven Bender – Volante – Borussia Dortmund – 24 anos
Um dos “gêmeos Bender”, Sven foi formado no Munique 1860. Em 2009 acertou sua ida para o Borussia que buscava uma reconstrução depois de um período de crise intensa. Rapidamente foi tomando a posição de Sebastian Kehl jogador histórico do Borussia. Tem ótimo posicionamento e força. Pelo fato de ser um volante mais no estilo “volante volante” tem tido menos chances na Seleção que seu irmão.

Lars Bender – Volante – Bayer Leverkusen – 24 anos
O outro gêmeo Bender, Lars teve o mesmo início do irmão, no Munique 1860. Só que seguiu para o Bayer Leverkusen ao invés do Borussia. Apesar de ser volante como o irmão, apresenta diferentes características. É mais rápido e tem mais técnica, perde em força e posicionamento. Leva vantagem também por ser versátil, podendo atuar tanto na lateral direita como na meia-direita. Posições que já ocupou na própria Seleção.

Christian Clemens – Meia – Schalke 04 – 21 anos
Presença em todas as seleções de base da Alemanha. Clemens chegou nesta temporada ao Schalke. Foi criado no Colônia. É um jogador de grande utilidade visto que pode atuar em qualquer posição do meio-campo ofensivo. Pela direita, pela esquerda e pelo centro. Sua aproximação e passe são seus trunfos. É mais uma opção que deverá ganhar alguma chance com o treinador Joachim Low.

Julian Draxler – Meia – Schalke 04 – 19 anos
Draxler é indubitavelmente uma das novas jóias alemãs. Meio campista de considerável estatura, 1,87m o jogador do Schalke tem ótimo toque de bola, muita habilidade, jogo vertical e boa finalização à distância. Aos 18 anos já esteve na Seleção na última Eurocopa. É pretendido por muitos clubes.

Mario Götze – Meia – Bayern de Munique – 21 anos
Talvez a maior esperança para o futuro alemão, Mario Götze, que já foi chamado de Messi alemão, é o maior talento dessa nova geração.  Detentor de extrema habilidade é um típico camisa 10. Mas, apesar da reconhecida técnica, sofre muito com lesões e se envolveu numa polêmica recente ao deixar o Borussia Dortmund, clube que o criou para ir para o todo poderoso Bayern de Munique.

Marco Reus – Meia-Atacante – Borussia Dortmund – 24 anos
Possivelmente o jogador mais eficiente da nova geração alemã, Marco Reus, que se destacou imensamente no Borussia Monchengladbach antes de ir para o Dortmund, tem muita técnica, velocidade e um chute muito apurado. Pode atuar, no centro do ataque, pela ponta esquerda ou ainda como camisa 10 com muita eficácia.  Outro fator que lhe é peculiar é sua capacidade de ser decisivo, sempre marcando gols importantes em momentos chave.

Patrick Herrmann – Meia – Borussia Monchengladbach – 22 anos
Ainda sem nenhuma partida pela Seleção Alemã, Herrmann já contabiliza convocações. Há exemplo de outros aqui citados passou por todas as categorias inferiores da seleção. Herrmann é um jogador que tem facilidade para atuar pelos lados, preferencialmente pela direita.  É outro atleta muito habilidoso e eficiente. Na última temporada marcou sete gols e deu 10 assistências.

Lewis Holtby – Meia – Tottenham-ING – 22 anos
Outra promessa alemã, Holtby foi formado no Alemannia Aachen onde estreou aos 16 anos. Aos 18 foi para o Schalke. Passou duas temporadas emprestado, uma ao Bochum e a outra ao Mainz. Na última temporada mudou-se para o Tottenham da Inglaterra por uma bagatela (aproximadamente £1,75MI), pois seu contrato estava perto do fim. Jogador canhoto marcou 16 gols e deu 29 assistências em nos 99 jogos que atuou na Bundesliga. Parece pouco, mas deve-se levar em conta que Holtby atuou por equipes fracas, e demorou a se afirmar no Schalke.

André Schürrle – Atacante – Chelsea-ING – 22 anos
Nova aposta de José Mourinho, o atacante é um dos jogadores da nova geração que mais agradam o treinador Joachim Low.  Formado no Mainz, destacou-se e foi vendido ao Bayer Leverkusen. Seu sucesso precoce o levou à Seleção quando ainda atuava no Mainz, fato raro. Acaba de acertar com o Chelsea. Schürrle tem ótimo drible e finalização, pela seleção já marcou sete gols em 24 partidas, a maioria saindo do banco de reservas.

Outros nomes que você ainda ouvirá falar



Dennis Diekmeier- Lateral Direito – Hamburgo – 23 anos

Maxi Beister – Meia – Hamburgo – 22 anos

Max Meyer – Meia – Schalke 04 – 17 anos


Leon Goretzka – Meia – Schalke 04 – 18 anos

Moritz Leitner – Meia – Stuttgart (emprestado pelo Borussia Dortmund) – 20 anos

Matthias Ginter – Zagueiro – Freiburg– 19 anos


Jan Kirchhoff – Zagueiro – Bayern de Munique – 22 anos

Emre Can – Volante – Bayer Leverkusen – 19 anos

Sead Kolasinac – Zagueiro/Lateral Esquerdo – Schalke 04 – 20 anos

Rani Khedira – Meia –Stuttgart – 19 anos

Felix Kroos – Meia – Werder Bremen – 22 anos

Sebastian Jung – Lateral Direito – Eintrancht Frankfurt – 23 anos




Steve Gnabry  – Meia – Arsenal-ING – 18 anos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...